Fundo de ações da Quantitas comemora 8º ano de operação

Nesta segunda-feira (25), o Quantitas FIA Montecristo comemora seu 8º ano de histórico. O Fundo de Ações da Quantitas tem por objetivo superar o desempenho do índice Bovespa através de uma gestão ativa do portfólio. Desde o início do Fundo, em Fev’11, o Ibovespa acumula 46,3% de alta, enquanto o Quantitas FIA Montecristo apresenta retorno de 100,8% no mesmo período.

Confira o desempenho do fundo de ações desde o seu início:

*Informações atualizadas no dia 25/02/2019.

O quadro abaixo resume o desempenho relativo do Montecristo em relação ao Ibovespa, mensalmente desde seu início, em Fev’11:

*considerando dados do fechamento do mês de janeiro/19.

Confira o comentário do gestor de Wagner Salaverry, gestor do Quantitas FIA Montecristo:

“O Quantitas FIA Montecristo completa 8 anos em Fevereiro de 2019, com um desempenho acumulado de +100,8% desde sua criação, nada menos que 54,5 p.p. à frente do Ibovespa no mesmo período.

Trabalhamos muito para entregar resultados positivos e consistentes, através de um portfólio equilibrado de ações, que reúna companhias com perfil de crescimento e valor. Assim, ter proporcionado aos investidores tal retorno absoluto e relativo (ao Ibovespa) num período marcado por fraquíssima atividade econômica (desde 2011 o PIB brasileiro cresceu apenas 3% em 8 anos), e diversas crises internas e externas, é motivo de orgulho para nós.

Importante destacar que o Montecristo construiu seu desempenho superior ao Ibovespa com desempenhos melhores notadamente nos meses em que o Ibovespa apresentou queda. Dos 96 meses de histórico do Fundo, o Ibovespa apresentou queda em 45 meses. Nestes, o Montecristo apresentou retorno melhor que o Ibovespa (caindo menos ou subindo) em 32 meses.

Analisando de outra forma, em apenas 13 dos 45 meses de queda da bolsa, o Montecristo saiu-se pior. Mas o Fundo não se saiu mal na alta, pois dos 51 meses de valorização do Ibovespa, em 22 deles o Montecristo superou o Ibovespa – posicionando-se em 29 meses que o Ibovespa subiu com desempenho inferior ao índice. Em curtas palavras: superamos o Ibovespa caindo menos em 33% dos 96 meses do fundo, ao mesmo tempo que em 22% dos meses do histórico subimos mais que a alta do Ibovespa.

Num cenário futuro, cujas expectativas apontam para recuperação da economia e manutenção de juros em patamares baixos no país, temos convicção que o mercado acionário será protagonista na geração de retornos aos investidores brasileiros. Continuaremos focados na seleção de alternativas de investimento capazes de proporcionar ganhos e superar o retorno do Ibovespa, sempre avaliando os riscos existentes.”

– Wagner Salaverry, Sócio Diretor responsável pela gestão de renda variável da Quantitas